domingo, 24 de abril de 2016

Fernando Alonso diz que ainda tem habilidade para vencer os melhores da F-1

Fernando Alonso diz que ainda tem habilidade para vencer os melhores da F-1






Fernando Alonso afirmou estar confiante quanto a vencer qualquer um Getty Images Sem vencer uma corrida desde 2013, o bicampeão Fernando Alonso acredita que ainda tem potencial para fazer bonito na Fórmula 1. Nesta sexta-feira, ele garantiu que tem habilidades suficientes para vencer os melhores da atualidade se puder correr nas mesmas condições. O piloto espanhol não citou nomes, mas sugere que os melhores são o inglês Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg, da poderosa Mercedes. "Eu sempre me sinto confiante quanto a vencer qualquer um", declarou o espanhol, em entrevista ao canal Sky, da Itália. "Eu não acho que eu seja melhor que os outros quando se mede apenas a velocidade num treino classificatório. Não acho que seja melhor que qualquer um em pista molhada, ou seca, no treino ou na corrida... Mas se você me colocar no mesmo carro que outro piloto, na mesma pista, no mesmo momento, eu acho que vou vencê-lo. Talvez eu não seja o melhor em todos setores, mas vou vencê-lo mesmo assim." Ao fazer estas declarações, Alonso tenta recuperar o espaço que vem perdendo na F1 nos últimos anos. Campeão em 2005 e 2006, o espanhol parecia prestes a dominar a categoria, principalmente ao trocar a Renault pela Ferrari. O sonho do tricampeonato, porém, não se concretizou. E Alonso teve fraco desempenho em seu último ano na equipe italiana. Na McLaren, a situação foi ainda mais difícil em seu primeiro ano. Diante do retorno da Honda ao time britânico, Alonso e o inglês Jenson Button tiveram performance sofrível em 2015. Agora, o espanhol demonstra ansiedade para voltar a brilhar na Fórmula 1. "Agora que o carro tem potencial para ser competitivo e para estar até no Q3 [última sessão do treino classificatório], quando você tem uma oportunidade, não pode perder. E, quando acontece, é por causa de uma bandeira vermelha", afirma, referindo-se a uma chance perdida na China. "Você fica muito frustrado porque sabe que uma oportunidade como esse pode não surgir de novo." Após três etapas disputadas neste ano, o espanhol ainda não somou pontos no Mundial de Pilotos. O mesmo acontece com seu companheiro Jenson Button. Assista aos programas da Record no R7 Play

Fonte: Automobilismo R7
Categoria: formula-1
Publicado em: 2016-04-24T00:02:00-03:00

Sobre o autor: Programador e publicador web. Google Plus

Nenhum comentário:

Postar um comentário