sábado, 3 de setembro de 2016

Após anunciar aposentadoria, Massa vai largar em 11º no GP da Itália da F1. Hamilton crava mais uma pole

Após anunciar aposentadoria, Massa vai largar em 11º no GP da Itália da F1. Hamilton crava mais uma pole

Após longa carreira na F1, Massa anunciou que deixará pirncipal categoria do automobilismo ao fim da temporada Max Rossi/Reuters Dois dias depois de anunciar sua aposentadoria da Fórmula 1 ao fim da temporada, Felipe Massa não foi bem no treino classficatório do Grande Prêmio de Monza, na Itália. No palco escolhido especialmente por ele para o anúncio do adeus, em homenagem ao ex-piloto Michael Schumacher, sofreu com problemas no carro e cravou somente a 11.ª posição, ficando inclusive fora do Q3. O inglês Lewis Hamilton, por sua vez, confirmou o grande momento que vive na temporada 2016 da Fórmula 1 e cravou a pole position. No tradicional Circuito de Monza, voltou a vencer a batalha interna com seu companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, e largará na primeira colocação da prova deste domingo (4). Esta foi a sétima pole de Hamilton em 14 etapas no ano. Já foram seis vitórias para o inglês, que conseguiu uma ótima arrancada depois de um início de ano complicado, ultrapassou Rosberg na classificação e hoje ocupa a ponta, com 232 pontos, nove à frente do alemão. Organização rebate chefão da Fórmula 1 e descarta perder GP do Brasil em 2017 Na última prova, na Bélgica, Rosberg levou a melhor e subiu no lugar mais alto do pódio, mas Hamilton foi quem deixou a pista com o sabor da vitória. Isso porque largou na penúltima colocação e conseguiu uma inesperada terceira posição. Neste sábado (3), o inglês voltou a mostrar que vive grande momento ao fazer o melhor tempo do dia, com 1min21s135, quase meio segundo à frente de Rosberg, que sairá em segundo depois de cravar 1min21s613. Fora desta briga particular da Mercedes em que se transformou a temporada, a Ferrari foi a melhor equipe e ocupará a segunda fila no grid, um prêmio para a fanática torcida italiana que compareceu em peso ao Circuito de Monza. Sebastian Vettel será o terceiro, após cravar 1min21s972. Kimi Raikkonen sairá em quarto, com 1min22s065.

Hamilton comemora mais um pole no ano Max Rossi/Reuters O TREINO  O Q1 já mostrou que o dia não seria mesmo dos brasileiros. Felipe Massa até conseguiu o 12.º tempo e avançou à fase seguinte, mas Felipe Nasr seguiu seu calvário nesta temporada da Fórmula 1 e ficou com a 18.ª posição. Um problema no motor foi o mais novo obstáculo para o piloto da Sauber. Mas foi o Q2 que comprovou o péssimo sábado para os brasileiros. Tudo parecia transcorrer sem problemas, com Massa na décima colocação, até os últimos momentos do estágio. Sergio Pérez e Daniel Ricciardo iam ficando de fora, mas buscaram voltas rápidas em suas últimas aparições na pista. Com isso empurraram o piloto da Williams para 11o. O brasileiro também tentou se salvar na última volta, mas não fez o suficiente. Com isso, ficou fora do Q3 e selou sua posição no grid. Fernando Alonso e Jenson Button, sofrendo com mais uma temporada fraca da McLaren, também pararam no Q2. O espanhol sairá na 12.ª colocação, enquanto o inglês foi um pouco pior e será somente o 15.º. No Q3, nada de emoção. Hamilton rapidamente saltou na frente da classificação e viu Rosberg falhar nas tentativas de alcançá-lo. Com o cronômetro já zerado, o alemão ainda completou uma última volta, mas bem atrás de seu principal rival, que pôde comemorar mais uma pole na carreira. Felipe Nasr não foi bem e parou no Q1 e sairá somente em 18.º   Confira o grid de largada do GP da Itália: 1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min21s135 2º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min21s613 3º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min21s972 4º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min22s065 5º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min22s388 6º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min22s389 7º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min22s411 8º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min22s814 9º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min22s836 10º - Esteban Gutiérrez (MEX/Haas), 1min23s184 11º - Felipe Massa (BRA/Williams), 1min22s967 12º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min23s092 13º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min23s273 14º - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), 1min23s315 15º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min23s399 16º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 1min23s496 17º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min23s825 18º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), 1min23s956 19º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min24s087 20º - Jolyon Palmer (ING/Renault), 1min24s230 21º - Kevin Magnussen (DIN/Renault), 1min24s436 22º - Esteban Ocon (FRA/Manor), sem tempo*

Fonte: Automobilismo R7
Categoria: formula-1
Publicado em: 2016-09-03T11:22:00-03:00

Sobre o autor: Programador e publicador web. Google Plus

Nenhum comentário:

Postar um comentário